Quando falamos sobre energia elétrica em supermercados o primeiro pensamento que surge na cabeça do empresário é: precisamos reduzir nossos custos. Esta é a grande “dor” do segmento. Em muitos casos, a energia elétrica já representa o segundo maior custo.

Em um segmento que as margens são mínimas, reduzir custos de energia em supermercados representa um resultado expressivo.

Reduzir custos com energia em supermercados não é novidade. Todos, de alguma forma, estão agindo, de maneira esporádica, seja com a modernização de equipamentos, opções de fornecimento entre outras tantas alternativas disponíveis no mercado.

Porém, o grande desafio é como implementar estas opções de uma maneira cotidiana e permanente, ou seja, como reduzir os custos e mantê-los baixos ao longo do tempo.

Gestão de Energia

É neste ponto que entra a Gestão de Energia, uma área que no passado recebeu pouca atenção nas empresas mas que deve ser tratada da mesma maneira como é feito com recursos humanos, marketing, comercial ou qualquer outro departamento.

Devemos adotar políticas, procedimentos e informações gerenciais que permitam a gestão eficiente e inteligente deste insumo e como consequência teremos a redução de custos.

Uma gestão eficiente de energia, com foco na redução de custos, compreende: comprar melhor a energia (R$/kWh), utilizar melhor a energia comprada (kWh/produto vendido) e fazer isso com o mínimo de esforço da equipe (h/h). O resultado desta equação será menos reais por produto vendido.

Observe que além da reduzir custos de energia no valor final da fatura de energia colocamos também a redução de custos com pessoal para tal atividade.

Como reduzir custos de energia em supermercados

Cada um dos itens acima gera ações que devem necessariamente passar pelas etapas abaixo:

Controlar: medir, medir e medir …. consumo, custos, prazos, resultados e dados relevantes.

Analisar: A partir do controle transformamos os dados em informações, identificando desperdícios, irregularidades, prioridades e oportunidades de economia.

Executar: A partir da análise vamos efetivamente realizar as tarefas… o que fazer, como fazer, quando fazer, quem vai fazer e os resultados esperados.

Registrar: Manter o histórico das tarefas e todas as ocorrências da nossa instalação. Assim podemos acompanhar o progresso das nossas ações, verificar seus resultados e embasar as próximas decisões.

Em outros artigos falaremos um pouco mais sobre cada um dos itens acima.

Pode parecer muita coisa e realmente é. Porém hoje em dia existem ferramentas que automatizam este processo e possibilitam uma gestão simples e eficaz, mesmo sem conhecimento técnico e em empresas de todos os portes. 

A Beenergy nasceu justamente para auxiliar as empresas a melhorar a gestão de energia, de uma maneira simples e cotidiana e, assim, auxilia a reduzir custos de energia em supermercados.

Nossa plataforma foi desenvolvida de acordo com necessidades específicas do setor de varejo, através de diversas entrevistas e feedback dos usuários.

Fica aqui um convite. Solicite uma demonstração e receba um diagnóstico da situação energética de sua empresa. Veja como é simples ter uma gestão eficiente de energia em sua empresa.

Fale com um consultor da Beenergy

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *